Feeds:
Posts
Comentários

Archive for maio \28\UTC 2010

Ocupação do BB em Vitória da conquista, BA.

Camponeses e camponesas organizados no Movimento dos Pequenos Agricultores ocuparam nesta quinta-feira(27) mais de 30 unidades da Receita Federal, Banco do Brasil, Ministério da Fazenda e outros órgãos federais distribuídos pelo país. A ação fez parte da Jornada Nacional de Luta do MPA que teve início na última terça-feira(26), mobilizando mais de 15 mil camponeses em todo Brasil. A atividade  aconteceu em conjunto com os movimentos sociais da Via Campesina e envolveu os estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Espírito Santo, Minas Gerais, Bahia,  Mato Grosso, Goiás, Rondônia, Piauí e Pernambuco.

Desde o início da semana os camponeses cobram do governo uma audiência com o Ministério da Fazenda e Secretaria Geral da Presidência para discutir a problemática do endividamento agrícola dos pequenos agricultores. A principal reivindicação é o rebate de 10 mil reais nas dívidas adquiridas nos últimos anos em função dos altos custos de produção, baixos preços de comercialização e adversidades climáticas.

Atualmente, o conjunto das dívidas dos pequenos agricultores gira em torno de 20 bilhões de reais, valor que corresponde a menos de 20% da dívida adquirida pelo agronegócio com o Estado Brasileiro, já considerada impagável pela Associação Brasileira do Agronegócio (ABAG). O valor total de rebate reivindicado pelos Pequenos Agricultores não chega a 8 bilhões reais.

Diante da falta de investimentos públicos para a agricultura camponesa, a procura por crédito tem sido uma das formas de resistência do trabalhador rural para se manter no campo e continuar produzindo alimentos. Mesmo numa conjuntura com altos custos de produção, secas freqüentes, empobrecimento do campo e desmonte do sistema de assistência técnica, a agricultura camponesa e responsável por mais de 70% da produção de alimentos consumidos no Brasil e 40% da produção agropecuária.

A agricultura camponesa é a principal responsável pelo abastecimento alimentar do país, e o rebate das dívidas é fundamental para dar condições aos pequenos agricultores de continuar produzindo alimentos para a população brasileira, gerando emprego e desenvolvimento no campo e nas cidades do interior do Brasil.

Read Full Post »

Nos dias 26 e 27 de maio, mais de 15.000 camponeses e camponesas de todo o Brasil, organizados no Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA), estarão mobilizados em 17 estados do país em defesa da agricultura camponesa e do direito de viver no campo com condições dignas.

Os camponeses reivindicam solução para o endividamento das famílias do campo, incentivos para que continuem preservando o meio ambiente, acesso à moradia camponesa, crédito agrícola subsidiado, tarifas de energia reduzidas para a produção de alimentos e investimentos públicos para beneficiamento e comercialização dos produtos camponeses. Além disso, reivindicam também acesso a políticas públicas de saúde, previdência social e educação, adequadas à realidade das famílias que vivem no campo.

Para garantir a pauta de reivindicação em todo o Brasil estão solicitadas audiências com o Ministério da Fazenda, Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), Secretaria Geral da República, Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à fome (MDS), Ministério do Meio Ambiente (MMA), Ministério das Cidades, Caixa Econômica Federal e Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Paralelamente às audiências em Brasília, também estarão acontecendo diversas audiências junto aos poderes públicos estaduais em todos os estados mobilizados.

A atividade da Jornada Nacional de Luta do Movimento dos Pequenos Agricultores vem sendo construída em algumas regiões em parceria com os demais movimentos sociais da Via Campesina que, no dia 28, se somam a outras organizações de trabalhadores num dia nacional de luta dos trabalhadores do campo e da cidade.

“Somos camponeses, queremos terra, trabalho e justiça!”

Read Full Post »